Scroll Top

Sono

Apneia do sono: O que é? Como tratar?

A apneia do sono é uma doença que pode causar complicações sérias. Nesse transtorno do sono a respiração fica suspensa por alguns segundos. Isso ocorre várias vezes durante a noite.

 Apneia do sono: O que é? Como tratar?

A apneia do sono é uma doença que pode causar complicações sérias. Nesse transtorno do sono a respiração fica suspensa por alguns segundos. Isso ocorre várias vezes durante a noite.

Dependendo do tipo de apneia, é possível nem mesmo saber que o distúrbio ocorreu. Fato que pode ser extremamente perigoso. Entenda mais sobre essa enfermidade e saiba quais os tratamentos possíveis.

Tipos de apneia do sono

Existem, basicamente, dois tipos de apneia do sono. Porém, ambos são caracterizados pela suspensão respiratória durante um curto tempo. Veja mais sobre as classificações desse distúrbio noturno:

Apneia do sono central

Esse tipo de apneia do sono não é o mais comum. Ele ocorre quando os sensores do cérebro não conseguem sinalizar para que os músculos realizem a respiração. Sendo assim, a pessoa pode despertar sentindo falta de ar e sofrer com insônia.

Essa suspensão respiratória faz com que a pessoa acorde durante a noite e não consiga voltar a dormir. Por isso, em geral, no dia seguinte o insone permanece sem disposição e com sonolência durante o dia.

Apneia obstrutiva do sono

A apneia obstrutiva do sono é a mais recorrente. Ela ocorre quando há um relaxamento nos músculos da garganta obstruindo as vias respiratórias.  Logo, a pessoa não pode respirar e o nível de oxigênio do sangue é reduzido de forma drástica.

Ao perceber esse quadro, o cérebro rapidamente envia sinais para que o corpo desperte. Com isso, a pessoa pode recobrar sua respiração e as vias respiratórias reabrem. Porém, essa dificuldade volta a ocorrer diversas vezes durante o sono.

Nesse tipo de apneia, é normal produzir um som de sufocamento similar ao ronco. Ao acordar constantemente à noite, é comum que o indivíduo fique sonolento e cansado no dia posterior.

Tratamento da apneia do sono

Como o objetivo é manter as vias respiratórias livres, os tratamentos possíveis são voltados para esse fim. Por isso, em casos mais graves o paciente precisará de uma máscara de pressão positiva contínua (CPAP). Ele ainda pode recorrer a cirurgias.

Porém, nos quadros mais leves apenas é preciso utilizar um aparelho bucal que mantém a mandíbula em uma posição que não bloqueie a respiração. Assim, a pessoa consegue respirar tranquilamente e dormir bem.

Para que o tratamento seja bem sucedido, também é necessário adotar novos hábitos. Eles podem amenizar os sintomas e evitar o problema. Veja o que deve ser feito:

  • praticar atividades físicas;
  • evitar dormir de barriga para cima;
  • buscar não ingerir de álcool ou sedativos antes do sono;
  • eliminar o peso extra;
  • evitar o tabagismo; 
  • realizar reposição hormonal para mulheres na menopausa;
  • fazer o tratamento da obstrução nasal para pacientes com rinite.

Complicações da apneia do sono

Devido à sonolência diurna, quem apresenta apneia do sono está mais propenso a sofrer acidentes. Por isso, é fundamental não dirigir cansado ou operar máquinas perigosas no trabalho.

A apneia do sono também pode levar a outras doenças. Se não tratada, ela  pode gerar ou agravar problemas cardiovasculares como: infarto, AVC, insuficiência cardíaca, arritmias cardíacas, hipertensão.

Agora que você já sabe o que é apneia do sono e qual o seu tratamento, cuide para que essa doença seja evitada. Se você sofre com esses casos, busque orientação médica. Assim, você terá uma vida com muito mais qualidade.

Gostou dos Artigos? Leia esse também  Polissonografia: entenda o exame do sono

Fique Atualizado!

Boa Noite Insônia

Sobre o autor

Saiba mais!

Comentários

0 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: