Scroll Top

Ansiedade

Como a ansiedade age no organismo?

Boca seca, suor excessivo e coração batendo mais forte. Esses são alguns dos sintomas que mostram como a ansiedade age no organismo. Porém, você já se questionou por que essas reações acontecem?

Como a ansiedade age no organismo

Boca seca, suor excessivo e coração batendo mais forte. Esses são alguns dos sintomas que mostram como a ansiedade age no organismo. Porém, você já se questionou por que essas reações acontecem?

Cerca de 18 milhões pessoas no Brasil são ansiosas, de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Entenda mais sobre os sinais que o cérebro envia durante as crises de ansiedade. Veja também os males que esse problema pode causar ao seu corpo. 

Como a ansiedade age no organismo durante uma crise?

A ansiedade age deixando o corpo em estado de alerta. Por isso, as reações durante uma crise são as mesmas que ocorrem diante de um perigo. Veja como a ansiedade age no organismo:

A transpiração aumenta para que as mãos fiquem mais lubrificadas e os músculos possam resfriar. Assim, a mente entende que será mais fácil correr ou subir em uma árvore para fugir, caso seja preciso.

A produção de glândulas salivares é reduzida. O organismo está buscando defesa, então ele entende que deve poupar líquidos para o suor. Quando isso acontece, surge a sensação de boca seca.

Há uma vasodilatação nas veias e artérias e o coração bombeia mais intensamente. Assim, o sangue pode circular mais rápido para os músculos. Inclusive, essa é uma das causas das dores de cabeça vindas de uma crise de ansiedade.

As pupilas dilatam. Isso acontece para que entre mais luminosidade no globo ocular. Dessa forma, será mais fácil enxergar objetos ao redor para enfrentar o adversário. Logo, todas as reações vindas de um momento de ansiedade são tentativas do organismo para sua autopreservação.

Quais são os problemas causados pela ansiedade?

O nervosismo, a falta de concentração e as sensações de insegurança são alguns sintomas psicológicos causados pela ansiedade. Além disso, a ansiedade também prejudica outras partes do seu organismo, entenda melhor:

Reações da pele

Devido ao aumento do fluxo sanguíneo, é comum causar um rubor. Outras pessoas podem ficar pálidas. Quando a ansiedade é prolongada, podem surgir alergias e eczemas.

Problemas digestivos

Quando alguém está ansioso, a digestão dos alimentos fica desregulada. Com o passar do tempo e a repetição do quadro, alguns problemas aparecem, como: diarreia, refluxo, inchaço e maiores chances para desenvolver úlceras.

Unhas e cabelos fracos

A ansiedade pode levar a um enfraquecimento capilar. Logo, é possível ter quedas de cabelo e fio opacos. Outro fator prejudicial é ficar com as unhas mais fracas e quebradiças.

Problemas cardiovasculares 

Uma pessoa ansiosa sofre com períodos em que a frequência cardíaca e a pressão sanguínea aumentam. Por isso, ela tem maiores riscos de doenças cardiovasculares, como AVC ou ataque cardíaco.

Tensão muscular

Devido à tensão causada na musculatura, o corpo fica mais rígido. Sendo assim, é comum surgirem dores nos pescoço, ombros e costas.

Problemas respiratórios

As crises de ansiedade podem gerar falta de ar e mais dificuldade durante a respiração. Esses episódios enfraquecem as funções respiratórias. Além disso, agravam os casos de asma.  

Insônia 

Pessoas ansiosas apresentam mais casos de insônia. Isso ocorre porque a ansiedade noturna costuma deixar a mente inquieta e acelerada. Com isso, o sono é afetado.

A ansiedade age no organismo de várias maneiras. Infelizmente, todas as formas são prejudiciais em longo prazo. Se você sofre com esse transtorno, busque ajuda com um psicólogo e tente técnicas naturais para evitar o começo das crises.

Você pode acelerar o seu tratamento utilizando um suplemento natural contra a ansiedade. Esse método não contém químicas nocivas à saúde e é liberado pela ANVISA.

Gostou dos Artigos? Leia esse também  Técnica Mindfulness para ansiedade

Fique Atualizado!

Boa Noite Insônia

Sobre o autor

Saiba mais!

Comentários

0 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: