Scroll Top

Insônia

Depressão e insônia: qual a relação?

A depressão e a insônia têm relações muito próximas. As crises depressivas já são consideradas o mal do século, atingindo 11 milhões de pessoas apenas no Brasil. Já o transtorno do sono afeta 73 milhões de brasileiros.

Depressão e insônia qual a relação

A depressão e a insônia têm relações muito próximas. As crises depressivas já são consideradas o mal do século, atingindo 11 milhões de pessoas apenas no Brasil. Já o transtorno do sono afeta 73 milhões de brasileiros.

Entenda mais sobre depressão e insônia e saiba qual a relação entre elas.

Insônia em pacientes com depressão

Um dos problemas frequentes de quem sofre com depressão é a alteração no ciclo de sono. Devido à tristeza profunda causada pelas crises depressivas, isso acaba afetando a qualidade do repouso.

A insônia é um dos sintomas da depressão. Para esses casos o tratamento deve ser feito utilizando antidepressivos com efeito sedativo. Além disso, também é possível complementar os cuidados com um suplemento natural para dormir melhor.

Além de sofrer com o desânimo vindo das crises depressivas, também é comum passar por noite em claro. Com isso, a apatia e falta de disposição para realizar as tarefas do dia são agravadas.

O apoio da família é essencial quando aparecerem os sintomas da depressão, como a apatia e falta de sono. Nessas horas, é preciso respeitar a pessoa depressiva e entender que ela está passando por uma doença como qualquer enfermidade física.

Depressão e insônia são doenças

Muitas vezes, é comum aconselhar aqueles que sofrem com depressão a ficarem mais alegres. Contudo, essa dificuldade afeta não apenas o humor, mas também a química do organismo. Dessa forma, não é uma questão de escolha ficar bem. É preciso realizar o tratamento receitado para que os sintomas melhorem

A forma mais adequada para lidar com as crises depressivas é dizer ao amigo ou familiar que você está com ele. Além disso, incentive para que ele fale sobre o que sente e ouça oferecendo seu apoio e nunca críticas.

Por outro lado, quem sofre de insônia causada pela depressão ouve constantemente que precisa descansar e relaxar. Porém, a insônia que ocorre há mais de 3 semanas é chamada de enfermidade crônica.

Dessa forma, esse mal é uma doença reconhecida pelo CID 10 F51 – Transtornos não-orgânicos do sono devidos a fatores emocionais. Não se trata de optar pela melhora, é preciso cuidar dessas doenças da forma correta.

Insônia leva à depressão

Quando há o quadro constante de algum transtorno do sono, essa dificuldade leva ao aparecimento de tristezas profundas. Por dormir pouco, é comum surgirem os sintomas da depressão: apatia, desânimo, pensamentos ruins e infelicidade.

Isso ocorre porque a pessoa que não pode dormir bem sofre com alterações de humor. Assim, ela não consegue realizar de forma adequada as tarefas da sua rotina. Logo, a repetição frequente da falta de sono, além de levar à insônia crônica também pode iniciar o processo de um quadro depressivo.

A pessoa que sofre com depressão, também apresenta outras alterações no sono. Desse modo, ela pode ter hipersonia (dormir mais horas que o habitual), insônia crônica (não dormir à noite) e insônia de manutenção (acorda muito cedo e não consegue adormecer novamente).

Agora que você já sabe qual a relação entre depressão e insônia, não deixe que essas dificuldades atrapalhem suas noites. Como você viu, ambas são doenças e uma pode levar a outra. Evite que isso aconteça e cuide da saúde do seu sono.

Quer evitar a insônia e melhorar a depressão? Então não deixe de conferir a resenha Triptopax funciona mesmo? Conheça essa solução 100% natural para esses problemas.

Gostou dos Artigos? Leia esse também  Insônia pode causar doenças cardiovasculares?

Fique Atualizado!

Boa Noite Insônia

Sobre o autor

Saiba mais!

Comentários

0 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: