Scroll Top

Sono

Hipersonia: durmo muito, mas me sinto cansado

Você costuma dormir bem, mas acordar cansado? Além disso, ao decorrer dos dia você boceja muito e procura sempre tirar um cochilo? Então, fique atento. Este pode ser um caso de hipersonia. Costumamos falar com frequência sobre a insônia, mas [...]

Você costuma dormir bem, mas acordar cansado? Além disso, ao decorrer dos dia você boceja muito e procura sempre tirar um cochilo? Então, fique atento. Este pode ser um caso de hipersonia.

Costumamos falar com frequência sobre a insônia, mas o seu oposto também é um transtorno do sono. O que acontece é que uma pessoa com hipersonia consegue dormir muito, mas nunca recupera seu ânimo e disposição. Entenda mais sobre esse distúrbio.

 

Sintomas da hipersonia

A hipersonia é caracterizada por quadros repetidos de sonolência durante o dia. Porém, ela pode ser curada. Para isso é preciso fazer o tratamento adequado com um médico especialista do sono, ter uma boa rotina noturna e utilizar os medicamentos indicados. Entre os principais sintomas deste distúrbio estão:

  • bocejar com frequência durante o dia;
  • dormir mais de 14 horas por noite;
  • dificuldade para despertar, não ouvindo o alarme;
  • fadiga e cansaço intensos ao longo do dia;
  • exaustão;
  • irritabilidade frequente;
  • tirar cochilos involuntários;
  • falta de atenção e desorientação;
  • perda de memória e concentração.

 

Os sintomas da hipersonia vão além da falta de repouso ou distração. Eles são graves a ponto de afetar os estudos e a produtividade no trabalho. Podendo causar, inclusive, acidentes sérios como em casos de dormir ao volante ou não operar corretamente máquinas perigosas.

 

Causas da hipersonia

Em geral, a hipersonia é causada pelo acúmulo de noites em claro. Com isso, o organismo acaba ficando esgotado, o que afeta a qualidade do sono. Ainda que uma pessoa consiga dormir bem, seu corpo não recupera a disposição necessária para sua rotina.

Outras causas da hipersonia incluem também o uso de ansiolíticos, estabilizadores de humor ou antidepressivos em excesso. Um dos sintomas colaterais desses remédios controlados é exatamente a sonolência constante.

 

Gostou dos Artigos? Leia esse também  Dormir à tarde faz bem?

Diagnóstico de hipersonia

Em alguns períodos com evento mais cansativos, o cansaço diurno pode surgir. Isso não é um transtorno do sono, mas apenas uma consequência de um momento agitado na rotina.

Porém, se os sintomas ultrapassarem 2 semanas, é um grande indicativo de hipersonia. Sendo assim, o recomendado é fazer exames específicos como tomografia axial, ressonância magnética e exames de sangue. Assim, o médico poderá confirmar a presença do distúrbio.

Caso você durma muito, mas sempre acorde cansado, esteja alerta. Se isso ultrapassar 14 dias, não hesite em procurar um médico. Sua segurança está em primeiro lugar.

Para ter mais disposição e energia em seus dias, procure ter uma rotina saudável. Confira 5 benefícios da atividade física para a saúde.

Fique Atualizado!

Boa Noite Insônia

Sobre o autor

Saiba mais!

Comentários

0 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: