Scroll Top

Sono

Saiba por que a luz de eletrônicos atrapalha o sono

Você sabia que a luz de eletrônicos atrapalha o sono? Isso significa que utilizar celulares, tablets ou televisão durante a noite pode ser o motivo da sua insônia. A luminosidade reduz a produção de um hormônio essencial para o início [...]

Saiba por que a luz de eletrônicos atrapalha o sono

Você sabia que a luz de eletrônicos atrapalha o sono? Isso significa que utilizar celulares, tablets ou televisão durante a noite pode ser o motivo da sua insônia. A luminosidade reduz a produção de um hormônio essencial para o início da sensação de sonolência.

Entenda mais sobre o perigo da luz desses aparelhos e saiba como minimizar esses danos.

A redução do hormônio do sono

A luminosidade emitida por aparelhos eletrônicos pode inibir o aparecimento do sono. Isso ocorre porque o hormônio responsável pela sonolência é produzido conforme a luz do dia desaparece. Assim, ele mantém o relógio biológico funcionando corretamente.

Porém, com a claridade das telas, o cérebro entende que ainda é cedo e não produz o hormônio melatonina. Isso mantém o organismo ativo, o que é uma grande dificuldade na hora de dormir bem.

Com a vinda da insônia, o corpo permanece desperto durante a maior parte do seu tempo de descanso. Isso faz com que haja um esgotamento mental e também de todos os órgãos. Esse excesso de trabalho pode gerar até mesmo doenças cardiovasculares.

Por consequência, a pessoa insone amanhece cansada e sem disposição para manter a produtividade. Logo, tanto o trabalho, quanto às demais áreas de sua vida são prejudicados. Tudo isso apenas porque ela não desligou os aparelhos eletrônicos perto da hora de dormir.

O hábito nocivo de utilizar eletrônicos antes de dormir

Com a luminosidade, a produção de melatonina é reduzida. Esse hormônio é liberado à medida que o dia termina. Porém, com a era tecnológica, é possível ter locais claros durante 24 horas.

Logo, isso confunde o cérebro, que não entende quando é o momento para desacelerar. Sem a melatonina para relaxar e induzir ao sono, a consequência é uma noite com pouco ou nenhum repouso.

Dessa forma, permanecer no celular até mais tarde ou assistir a televisão antes de ir para a cama causa insônia. Esse hábito é muito comum para a população em geral. Com o aumento do acesso à internet, permanecer horas utilizando o smartphone é algo que faz parte da rotina de 62% das pessoas no Brasil.

Com maus hábitos antes de dormir e sem uma rotina noturna, cada vez mais casos de transtornos do sono aparecem. Ou seja, pessoas que são dependentes de remédios para dormir podem melhorar esse quadro apenas desligando seus eletrônicos antes de ir para a cama.  

Como a luz de eletrônicos atrapalha o sono

As telas de aparelhos como tablets e smartphones são iluminadas por diodos que emitem luz, também chamados de LEDs. Eles enviam uma onda de luz azul intensa. Já a televisão possui retroiluminação LED, que também é uma fonte da luz azulada.

Esse tipo de luminosidade é cada vez mais utilizado em ambientes, também estando nas lâmpadas elétricas. Essa onda atrapalha o descanso se utilizada com muita frequência. Logo, essa exposição pode ser causa de muitas noites em claro.

Porém, segundo especialistas, a emissão de luz azul não é negativa quando feita durante o dia. Sempre dê preferência para a iluminação natural vinda de janelas ou em um passeio sob a luz do sol.

O ideal é evitar os aparelhos eletrônicos depois das 18 horas. Caso isso não seja possível, tente utilizar telas pequenas e mantendo à distância. Isso faz com que haja menos emissão de luminosidade.

Agora que você sabe por que a luz de eletrônicos atrapalha o sono, busque reduzir o tempo de uso desses aparelhos durante a noite. Assim, sua rotina de sono será muito melhor.

Gostou dos Artigos? Leia esse também  5 Hábitos que prejudicam o sono

Fique Atualizado!

Boa Noite Insônia

Sobre o autor

Saiba mais!

Comentários

0 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: