Scroll Top

Ansiedade

Técnica Mindfulness para ansiedade

Mindfulness é uma técnica muito eficaz contra a ansiedade. Ela consiste em manter a atenção plena nos pensamentos. Assim, é possível estar no agora e não pensando em eventos futuros, que são grande fonte das crises ansiosas. Veja como a [...]

Mindfulness é uma técnica muito eficaz contra a ansiedade. Ela consiste em manter a atenção plena nos pensamentos. Assim, é possível estar no agora e não pensando em eventos futuros, que são grande fonte das crises ansiosas.

Veja como a atenção no momento presente pode ajudar para que você vença a ansiedade e possa ter mais controle sobre os seus padrões mentais.

Mindfulness: Exercício de observação

Para manter a atenção plena, o primeiro passo é observar seus pensamentos. Procure ficar atento ao que passa em sua mente. Porém, não tente julgar, ficar apegado ou se deixar levar. Apenas observe.

Imagine que os pensamentos são como nuvens que passam e não tem nenhuma importância real. Afinal, eles estão apenas em sua mente. Por isso, quando se sentir com muita ansiedade, tente observar o que está sentindo, sem fazer nenhum julgamento sobre isso.

Pratique esse exercício por uma semana. Então, já estará pronto para a segunda técnica mindfulness para ansiedade.

Mindfulness: Exercício 10 pensamentos inúteis

Após passar uma semana observando sua forma de pensar, já é possível identificar alguns padrões. São frases constantes ou acusações que surgem de repente e você se deixa levar por elas. Quando percebe, já se sente mais nervoso ou agitado.

Para essa prática, você anotará um nome para cada pensamento. Alguns exemplos são: “tenho que fazer…”, “esqueci de…”, “não sou bom o bastante”, “estou péssimo”, “isso vai dar errado”, “será mesmo?” etc. Busque anotar os 10 mais presentes.

Cada vez que você reparar um pensamento repetido, anote em seu caderno. Essa prática pode durar mais do que uma semana. Não se preocupe e leve o tempo que precisar. O importante é identificar os padrões da sua mente.

Mindfulness: Exercício rótulo de cada pensamento

Após identificar os 10 padrões mentais que mais causam ansiedade, é o momento de lidar com eles. Para isso, você deve separar em algumas categorias os pensamentos que mais ocorrem em sua mente. Siga essa forma:

  • Rotular: a técnica de rotulação consiste em dar um rótulo para cada pensamento quando ele passar por sua mente. Por exemplo: lembrança, fantasia, planejamento, preocupação etc. O importante é não julgar como bom, ruim ou neutro. Nessa etapa é preciso apenas categorizar cada padrão. Logo, você pode deixar passar ou agradecer.

  • Deixar passar: quando vier um pensamento que não é útil ou que traz mais nervosismo, o ideal é deixar passar. Lembre-se que sua mente é o céu e aquele padrão é apenas uma nuvem passando. Não é fácil, mas continue praticando.

  • Agradecer: caso tenha algum pensamento e perceba que é importante, agradeça. Por exemplo, caso você se lembre do que deve fazer amanhã, apenas agradeça a sua mente por tentar lembrar você de algo importante. Depois, deixe passar.

 

  • Não é real: quando algum padrão nocivo surgir em sua mente, apenas repita “não é real”. Mantenha o foco que aquele pensamento é somente um evento mental e não pode prejudicar você a menos que permita isso.

Com essa técnica mindfulness, é possível identificar e trabalhar todos os pensamentos que causam ansiedade. Ao lidar com esses padrões será muito mais fácil  saber como você começa a ficar ansioso. Assim, pode deixar esse pensamento passar, antes que ele afete seu emocional.

Gostou dos Artigos? Leia esse também  O poder do white noise para relaxar

Fique Atualizado!

Boa Noite Insônia

Sobre o autor

Saiba mais!

Comentários

0 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: